FANDOM


O WWE United States Championship é um título de wrestling profissional de propriedade da WWE. Junto com o Intercontinental Championship, é um dos dois títulos secundários da promoção. Ele foi originalmente um título promovido na Mid-Atlantic Championship Wrestling (mais tarde conhecida como Jim Crockett Promotions e depois World Championship Wrestling), tornando-se o único dos cinco títulos ainda ativos na WWE não ter sido criado na própria WWE.

História

O WWE United States Championship era originalmente conhecido como "United States Heavyweight Championship" e começou como um título regional criado e defendido na Mid-Atlantic Championship Wrestling dirigida por Jim Crockett Jr.. Após a introdução do título em 1975, Harley Race se tornou o campeão inaugural em 1º de janeiro de 1975. O título rapidamente substituiu o NWA Mid-Atlantic Heavyweight Championship (MACW) como o título individual top na promoção. Enquanto a National Wrestling Alliance (NWA) reconheceu apenas um campeão mundial na classe peso-pesado, não houve um único campeão incontestável nos Estados Unidos como um número da promoções regionais na NWA que reconheceram sua própria versão do título e seu campeão. Tudo isso mudou, no entanto, em janeiro de 1981, quando um território da NWA sediada em San Francisco, o último remanescente de promoção fora do território Mid-Atlantic que tinha reconhecido seu próprio U.S. Champion, fechou as portas.

O título permaneceu como o título principal no território Mid-Atlantic até 1986, quando Crockett ganhou o controle do NWA World Heavyweight Championship. O United States Title tornou-se então o título secundário da promoção. Depois de Ted Turner, então comprar a Jim Crocket Promotions e rebatizá-la de World Championship Wrestling (WCW) em novembro de 1988, o título continuou a ser usado e reconhecido como secundário para o título mundial. A WCW finalmente começou afastar-se lentamente da NWA, como foi demonstrado pela empresa quando mudou o nome do título para o WCW United States Heavyweight Championship em janeiro de 1991.

Em março de 2001, a World Wrestling Federation (WWF) comprou a WCW. Como parte da aquisição, o United States Championship tornou-se propriedade da WWF. Ao longo de 2001, o título foi referido como "WCW United States Championship", como este foi durante o período do Angle Invasion. No Survivor Series 2001, o título foi unificado com o WWF Intercontinental Championship. O então United States Champion, Edge, derrotou o então Intercontinental, Test, tornando-se o novo Intercontinental Champion e o United States Championship foi então desativado.

Em julho de 2003, o título foi reativado como WWE United States Championship pela General Manager do SmackDown!, Stephanie McMahon, e foi reativado para ser um título secundário para a brand SmackDown!. Eddie Guerrero tornou-se o primeiro campeão, depois de meses de o título ter sido vago, através de um torneio no Vengeance, derrotando Chris Benoit. Isso foi feito logo após o Intercontinental ter sido mandado para a brand RAW, tornando o título o seu homólogo equivalente. O título permaneceu no SmackDown até 13 de abril de 2009, quando o então campeão Montel Vontavious Porter foi transferido do SmackDown para o RAW durante o WWE Draft 2009, levando o título com ele. Em 26 de abril de 2011, o então campeão Sheamus foi transferido para o SmackDown durante o WWE Draft 2011, retornando o título de volta ao Smackdown. Cinco dias depois, no RAW, Kofi Kingston derrotou Sheamus pelo título no Extreme Rules, retornando-o para o RAW. Desde 29 de agosto de 2011, quando toda a programação WWE tornou-se "Supershows", com todo o plantel, o título dos EUA tem sido defendido tanto no RAW e quando no Smackdown.

Em 2015, a WWE apresentou uma versão atualizada do seu Grand Slam Championship, e o U.S. Championship tornou-se oficialmente reconhecido como um componente da honra re-estabelecida.

Designação de Brands

Seguindo a reativação do United States Championship em 2033, o título foi designado para o Smackdown. A seguir uma lista de datas indicando as transições do United States Championship entre as brands RAW e Smackdown.

Cores

Movido para a Brand RAW

Movido para a Brand SmackDown

Movido para a Brand ECW
Data  Notas
27/07/2003 O título foi reativado para ser defendido exclusivamente no SmackDown!.
23/06/2008 Matt Hardy foi transferido para a ECW, levando o título com ele
20/07/2008 o título retornou para o Smackdown depois que Shelton Benjamin derrotou Matt Hardy.
13/04/2009 O então United States Champion, Montel Vontavious Porter,foi transferido para o RAW
26/04/2011 O então campeão, Sheamus, foi transferido para o  SmackDown levando o título com ele
01/05/2011 O título retornou ao RAW depois de Kofi Kingston  vencer o título, que permaneceu no RAW até o sistema de brands ser dissolvido em 29 de Agosto de 2011.

Reinados

  • O inaugural campeão foi Harley Race. Houveram 81 campeões diferentes, com Ric Flair tendo o maior número de reinado com seis.
  • O mais longo foi campeão Lex Luger que deteve o título por 523 dias de 22 de maio de 1989 até 27 de Outubro de 1990.
  • O campeão por menos tempo foi Steve Austin que deteve o título por aproximadamente cinco minutos.
  • Dean Ambrose é o maior campeão desde que a WWE reativou o título com 351 dias, de 19 maio de 2013, até 05 de maio de 2014.

Em 06 de abril de 1991, em uma edição da World Championship Wrestling, Nikita Koloff destruiu o clássico cinturão do título usado nos anos 80, durante uma briga pós-combate com Lex Luger, que estava em seu quarto reinado como campeão. Koloff, que afirmava ser o verdadeiro campeão, bateu Luger inconsciente, batendo-lhe usando o cinturão, em seguida, repetidamente quebrando o cintuão em um dos postes do ring. Luger iria aparecer sem o cinturão de campeão físico, e mais tarde se tornaria o primeiro a usar um título recém-concebido, que WCW usadou até ser comprada pela WWF em Março de 2001. Esta versão do United States Championship também seria usado durante o angle invasion da WCW sobre a WWF até o fim do enredo no Survivor Series 2001, na qual o título foi unificado com o WWF Intercontinental. Entre WCW e WWE, o título foi desocupado vinte vezes.

Durante o terceiro reinado de John Cena como o United States Champion, ele introduziu um cinturão customizado "Spinner". Em 10 de março de 2005 em um episódio do SmackDown!, A versão "Spinner" foi "destruída", com a ajuda de John "Bradshaw" Layfield, depois de Orlando Jordan derrotar Cena na semana anterior pelo o título, revertendo o design padrão.

Designs Antigos

Links externos